segunda-feira, 22 de abril de 2013

Alcatra de feijão branco um sabor da minha terra


Quando falamos de alcatra aqui nos Açores, referimos a um alguidar de barro (não vidrado que é feito à mão numa olaria cá na ilha) com carne de vaca (com osso) assada no forno a lenha. É um prato tradicional da nossa ilha e muito apreciado por nós e por quem nos visita. Devido a ser cozinhado nesse barro a carne adquire um sabor único e caraterístico. 
Mas também fazemos alcatra de feijão, de galinha, de polvo, de peixe e etc. E chamamos alcatra não por ser carne de vaca, mas por ser cozinhada nesse dito alguidar de barro. Qualquer um destes pratos fazem parte da nossa gastronomia e todos eles adquirem um sabor especial por serem confecionado neste alguidar.   As alcatra quanto mais vezes forem aquecidas no alguidar mais saborosas ficam. Por isso aconselho a adquirirem um exemplar desses, porque depois de experimentarem não vão querer outra coisa. Desta vez vou apresentar alcatra de feijão branco. 



Ingredientes:



1/2 kg de feijão branco (ou outro)

Azeite q.b.
3 cebolas grandes
6 dentes de alho
Pimenta da jamaica q.b.
Chispe de porco
Orelha de porco
Cubinhos de bacon
Linguiça regional
1 copo de vinho branco
3 colheres (sopa) de polpa de tomate
2 folha de louro
sal q.b.
Massa de malagueta  q.b.
Banha de porco q.b.


Fiz assim:

Põe-se 1/2 kg de feijão branco seco de molho na véspera de fazer a alcatra.

No dia seguinte lava-se e escorre-se o feijão e coze-se com 1 cebola, 1 dente de alho.

Panela de pressão deita-se o chispe, a orelha de porco, 1 cebola, 1 dente de alho e 1 folha de louro. Deita-se uma mão de sal e cobre-se com água. Vai a cozer durante 15 a 20 minutos na pressão.

Entretanto faz-se um refogado em azeite, com 1 cebola picada, 4 dentes de alho e alguns grãos de pimenta da jamaica e 1 folha de louro. Junta-se depois o bacon partido aos cubos e linguiça cortada às rodelas. Deixa-se refogar tudo durante alguns instantes. Depois junta-se as carnes cozidas cortadas em pedaços e envolve-se bem. Junta-se depois um copo de vinho branco, polpa de tomate e tempera-se com sal e um pouco de massa de malagueta e deixa-se apurar um bocadinho. 
Adiciona-se o feijão cozido e acrescenta-se um bocadinho da água da cozedura até ficar bem coberto. Deixa-se levantar fervura e desliga-se o lume.

Põe-se a feijoada num alguidar de barro, sem ser vidrado, barrado com banha de porco. Por cima colocam-se cubinhos de manteiga ou margarina e uma folha de louro para aromatizar.

Vai ao forno, cerca de uma hora, com papel de alumínio por cima. Um quarto de hora antes de desligar o forno tira-se o papel para ficar tostadinho por cima.


Servir a alcatra quente, acompanhada com arroz branco cozido.

Espero que apreciem a sugestão.

Beijinhos e boa semana para todos que passam por cá :)



8 comentários:

  1. Ai....amiga que pecadinho aqui colocaste, jà comia!

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá menina. Ainda este sábado fui comprar à olaria do Ricardo, em S. Bento, um alguidar novo.O velhinho passou a vaso. Vai sair a reportagem do passeio em breve.
    Está tão apetitosa a tua alcatra.
    Um beijinho.
    Patrícia

    ResponderEliminar
  3. Adoro alcatra de feijão. Já não faço há imenso tempo,mas fiquei cheia de vontade ao ver a tua com um aspeto maravilhoso.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  4. O que eu aprendo por aqui. Alcatra para mim é uma peça de carne.
    Mas com ou sem alcatra este prato parece-me divinal.
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  5. Que belo pratinho!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

A sua opinião é importante, por isso não a deixe de partilhar :)